sábado, 10 de agosto de 2013

O poder da gratidão

Olá!


Um dos valores que mais acredito é o da gratidão. Tenho um apreço especial por esta palavra e atitude. Sou também um admirador da cultura japonesa, onde tenho colecionado valiosos momentos de aprendizado para minha vida. Em japonês, gratidão é "kansha", ou do fundo do meu coração, agradeço a você. (fonte: http://www.nihongobrasil.com.br/g-dicio.php)

Junto a este significado, hoje quero escrever sobre outro, que, compartilho aqui neste post: a palavra "Itadakimasu"


Aprendi que esta palavra tem um significado muito respeitável: "é uma prece de agradecimento e reconhecimento às vidas que foram sacrificadas para dar continuidade à nossa vida. É um obrigado à vida dos grãos de arroz (ou outra comida) que não produziram outras vidas, um obrigado às abelhas que polinizaram os grãos, ao trabalho do lavrador que cultivou o arroz, às mãos que trouxeram o arroz até a nossa mesa".

Ela é utilizada como um sinal de prece, sempre antes de qualquer refeição, onde há o ato de juntar as palmas mãos, abaixar levemente a cabeça e é pronunciada em sinal de respeito e gratidão.

Aprendi, que no Japão, crianças entre 6 e 11 anos de idade, que frequentam escolas públicas, pronunciam esta palavra, todas juntas, ainda sentadas em suas carteiras dentro da sala de aula, com a bandeja do almoço escolar, quando são servidas por seus colegas de classe à sua frente. 

Vi que há muitos significados importantes neste gesto: 

  • Ao aluno mais velho, quando serve ao mais jovem, aprende que deve proteger quem ainda não tem condições de fazê-lo;
  • Ao mais jovem, ao ser servido, aprende a ser grato a quem já viveu mais do ele;
  • Além do próprio valor da palavra já explicado acima.
E assim, todos sentem na pele o valor da palavra "Itadakimasu".


Fico pensando em quantas oportunidades de agradecer temos a todo momento... quantas vezes somos servidos ou servimos e nem nos damos conta do valor do gesto... quantas pessoas esquecem de agradecer a seus chefes pelo aprendizado que colheram? Quantos chefes deixam de ser gratos às equipes pelas vitórias e, por que não, pelos fracassos? 

É mais comum vermos a falta deste valor tão nobre e rico. 

Desde que aprendi isso, com minha família do Instituto Niten (www.niten.org.br) confesso que senti-me muito mais forte e feliz por valorizar a gratidão. E por isso, domo arigatogozaimashitá (muito obrigado) Kishikawa Sensei e ao Niten por esta oportunidade e, desde então, sempre antes de qualquer refeição, junto as palmas das mãos, abaixo levemente a cabeça e faço minha prece, seja em casa ou dentro de um restaurante de hotel.

Quanto aprendizado em uma só palavra! A este rico aprendizado, dedico o poder da gratidão.

Agora te pergunto: você já agradeceu hoje?

Forte abraço! 





15 comentários:

  1. Obrigada pelas palavras sábias. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ira, sábio foi quem me ensinou, eu somente repito! Mas agradeço e fico feliz que tenha gostado.

      Excluir
  2. Vou começar agradecendo á Deus por você compartilhar conosco estas sábias palavras e mostrar que ela é pequena, mas o valor é enorme .... Agradecer sempre ! Pena que hoje os pequenos gestos são banidos do vocabulário ! Bom dia, obrigado, posso ajudar, com licença, desculpe, são para os "caretas".Escutei de um gerente de uma grande rede, que um superior dele num treinamento, disse que foi chamado atenção, pois seus funcionários reclamaram dele não dar bom dia á ninguém e ele na hora pensou " -eu também não ! ". Precisamos escutar um exemplo, para refletir nosso dia-a-dia ? Será que a "corrida para o TER é tão grande que o SER grato, educado, solidário, foi esquecido durante o percurso? Obrigada, mais uma vez, aliás, domo arigatogozaimashitá !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anonima, muito obrigado pelo gentil comentário! Realmente sempre somos expostos às oportunidades de exercitar a gratidão, e acreditando que o caminho é sempre um grande aprendizado, vamos em frente, aprendendo e buscando agradecer. Pequenos gestos de grande valor. É nisto que acredito.
      Forte abraço!
      Arigato (obrigado)

      Excluir
  3. Adorei Rodrigo!
    Vou procurar praticar mais a gratidão. Meu colega de Blog Alexandre já vem, com seu exemplo, me chamando atenção para isso. Temos tantas coisas a agradecer!!!! Obrigada! Abrs,

    ResponderExcluir
  4. Adorei Rodrigo!
    Vou procurar praticar mais a gratidão. Meu colega de Blog Alexandre já vem, com seu exemplo, me chamando atenção para isso. Temos tantas coisas a agradecer!!!! Obrigada! Abrs,

    ResponderExcluir
  5. Obrigada pelo post Rodrigo!
    Sábias palavras.

    ResponderExcluir
  6. Acho muito importante agradecer. Todos os dias, agradeço a Deus por tudo: vida, família, emprego, salário, amigos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo! Sempre importante e valoroso!
      Movimente o Universo de forma positiva, Anônimo.
      Abraços

      Excluir
  7. Quero compartilhar uma experiência.
    Fui muito criticado em uma consultoria, ligado a Bíblia como sou, no início dos anos 2000.
    As críticas duras referiam-se ao fato de Agradecer aos Americanos o tempo todo, além de aceitar as brincadeiras deles de humor duvidoso, mesmo quando pareciam ofensivas.
    Depois de 3 dias, já na despedida, eu os convidei para uma refeição descontraída nas barraquinhas de rua, regada a coxinhas, esfihas, pastéis e caldo de cana.
    Aí, a 'casa quase caiu pro meu lado' e quase me demitiram por 'estragar' a imagem séria do cliente, baseados num tal nacionalismo verde-amarelo e outras bestagens.
    Passados 3 meses, entretanto, recebemos a resposta de que os Americanos fariam Sim a parceria com os brasileiros, uma vez que 'se sentiram íntimos da nossa equipe como se estivessem em casa'. E mais, decidiram incluir um 'procedimento de agradecerem-se uns aos outros' entre os funcionários da empresa lá nos Estados Unidos, por perceberem como esse 'ato de respeito e reconhecimento' melhora as relações interpessoais.
    Por último, mandaram premiar com um bônus de R$1,000 um único funcionário da consultoria.
    Conseguem imaginar quem recebi???...
    E por isso,
    "domo arigatogozaimashitá
    (muito obrigado)"
    Corrêa Leite Rodrigo Sensei e à Escola Corporativa por esta oportunidade!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá prof. Martins!
      Fiquei muito feliz ao ler o seu comentário!
      Acredito que a gratidão é chave que abre portas de corações e mentes. Ela movimenta uma onda de energia positiva ao nosso redor. Pode ter certeza que, como um eco, volta até a origem e impacta o seu emissor.
      Os ganhos são muitos, mas com certeza, o maior deles é o de poder ajudar a tornar o mundo um pouco melhor, nem que seja por alguns instantes...
      Agradecer é sempre bem visto em todos os idiomas, então:
      Domo Arigato Gozaimashitá
      Thank you so much
      Merci Beaucoup
      Muchas Gracias...

      Pelo seu gentil e belo comentário neste espaço.

      Abraços

      Excluir
  8. A cultura japonesa é maravilhosa, tive a oportunidade e felicidade de morar no Japão por 1 ano e 4 meses.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ivani, obrigado por deixar seu comentário. Sim, concordo e há muito em aprender com este povo trabalhador.
      Abraços.

      Excluir